Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

ISO 22000:2005 ( Gestão de Segurança de Alimentos)

é uma norma voltadas para empresas que se preocupam em assegurar controles dos perigos em toda sua cadeia produtiva de alimentos, garantindo que o alimento está seguro no momento do consumo humano.em toda a cadeia produtiva de alimentos” ou “food chain”.

Quem pode se beneficiar com a ISO 22000?

Empresas diretamente ou indiretamente envolvidas na comercialização, fabricação, tratamento e distribuição de produtos alimentícios e commodities essenciais, em particular produtores de alimentos, varejistas, abastecedores, cozinhas comerciais e seus fornecedores.

Organizações que estão diretamente envolvidas incluem, mas restritamente, produtores de alimentos para consumo animal, agricultores, fazendeiros, produtores de ingredientes, fabricantes, distribuidores, serviços de alimentação e abastecimento, empresas fornecedoras de serviços de limpeza, serviços de transporte, estoque e distribuição.

Outras organizações que estão envolvidas indiretamente incluem, fornecedores de equipamentos, produtos de limpeza, embalagens e outros materiais que entram em contato com os alimentos. Esta norma permite uma organização pequena e/ou pouco desenvolvida (ex. uma pequena fazenda, um pequeno embalador/distribuidor ou lojas de serviços de alimentação) implementar uma combinação de medidas de controle desenvolvida externamente.

 

Quais são os benefícios da ISO 22000?

  • Controle dos riscos e determinação de medições preventivas eficientes; 
  • Aumento da segurança do produto; 
  • Análise sistemática e realização de fluxos de processos seguros e eficientes em termos de segurança e controle de processo de alimentos para detectar a tempo riscos envolvendo higiene e segurança de embalagens; 
  • Aumento da confiança do consumidor e revendedor na segurança, qualidade e legalidade do produto; 
  • Análise sistemática e realização de fluxos de processos seguros e eficientes em termos de segurança e controle de processo de alimentos para detectar a tempo riscos envolvendo higiene e riscos perigosos de saúde para os consumidores.
  • Reconhecimento internacional aplicável a todos os elementos da cadeia alimentar;
  • É um sistema proativo, atuando preventivamente na ocorrência de perigos e não conformidades do produto final para garantia da saúde do consumidor;
  • Redução de custos com retrabalho;
  • Diminuição de desperdício de matéria prima e insumos em geral;
  • Diminuição da devolução de produtos não conformes;
  • Melhoria da imagem da empresa frente ao mercado.
  • Contém os requisitos para um Sistema de Gestão completo para a produção de alimentos
  • É uma Norma Internacional;
  • Fornece a possibilidade de harmonização das normas de segurança de alimentos;
  • Confiança de que as organizações que a possuam, tenham a habilidade de identificar e
  • É uma Norma Auditável;
  • É aplicável a todas as organizações, ao longo de toda a cadeia produtiva de alimentos.
  • É certificável por organismos de certificação;
  • Incorpora os 7 princípios do APPCC, definido pelo Codex Alimentarius;
  • Dá ênfase à comunicação, em toda a cadeia produtiva de alimentos.